Clipping

Petrópolis recebe mais uma edição do Tedˣ

A Cidade Imperial, polo tecnológico do estado, recebeu no sábado (24.11) a 2ª edição do Tedˣ Petrópolis, ciclo de palestras que abordam temas tecnológicos, científicos e sociais, no formato Ted, que já atingiu mais de 50 milhões de pessoas ao redor do mundo. O evento, que contou com apoio da Prefeitura por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, contou com a presença de 100 pessoas, entre estudantes (de ensino médio e superior), empresários do setor de tecnologia e professores – sem contar com os espectadores da transmissão ao vivo, realizada no site do Tedˣ. O evento foi realizado na sede do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), no Quitandinha.

Ted (sigla que significa tecnologia, entretenimento e design) é uma organização sem fins lucrativos que organiza conferências anuais desde 1990, convidando os principais pensadores do mundo a seu palco, para falarem por exatamente 18 minutos cada. Todas as edições tem como base o lema “Ideias que merecem ser espalhadas”, abordando tecnologia, ciência e sociedade. O Tedˣ é um programa de eventos locais, que une pessoas para compartilhar uma experiência ao estilo Ted. A marca x identifica o evento como de organização independente. Atualmente, a iniciativa alcança mais de 50 milhões de pessoas, em 150 países. O Tedˣ Petrópolis é um programa idealizado com o objetivo de incluir ainda mais Petrópolis na atmosfera cultural, cientifica e tecnológica do país.

“Tedˣ é uma das propostas mais interessantes do mundo, pois em menos de 20 minutos se adquire um grande conhecimento sobre cada assunto tratado. Como Petrópolis respira tecnologia, é de extrema importância apoiarmos e prestigiarmos este tipo de iniciativa, que só tem a agregar à cidade. Somos um polo de tecnologia, e cada vez mais empresas têm intenção de se instalarem na cidade. Na esfera atual, onde empresas pequenas crescem em um espaço pequeno de tempo, nossa tarefa é democratizar a informação, mostrando ao jovem que ele tem espaço em nossa cidade, não necessariamente em locais já existentes, mas sim criando o seu próprio emprego, e por isso nosso forte investimento na área de Empreendedorismo. São novos conceitos que visamos implantar em Petrópolis”, destaca o subsecretário de desenvolvimento econômico Fernando Pessoa, que marcou presença no evento.

As inscrições do Tedˣ Petrópolis foram abertas no dia 25.10, com as palestrantes sendo divulgados posteriormente. As cem vagas disponíveis foram distribuídas entre estudantes universitários e de ensino médio, professores e empresários de tecnologia, que lotaram o auditório da LNCC no sábado.

“Não conhecia o Tedˣ, e estou muito feliz por ter a oportunidade de participar. Como são tantos temas diferentes, em diversas vertentes, é impossível escolher um preferido. Adorei tudo!”, disse a estudante de engenharia mecânica Jéssica Freire, de 21 anos.

O evento foi dividido em três blocos: Tecnologia, Ciência e Sociedade. No primeiro, foram abordados assuntos como Internet 4.0 e movimento maker. O segundo tratou da radiação síncroton, suicídio, entre outros, e o terceiro bloco falou sobre fake news, transexualidade e a necessidade de novas utopias na sociedade atual. Parte do segundo bloco, a médica e pesquisadora Adriana Bonomo falou sobre o assunto “Câncer e sistema imune: Parceiros ou rivais?”, alvo da equipe de pesquisa de combate ao câncer da Fundação Oswaldo Cruz, Fio-Câncer, coordenada por Adriana.

“É maravilhoso poder levar informações à todos, não tem nada melhor. Poder divulgar o trabalho que estamos fazendo é muito gratificante e uma forma de captar fundos para nossas pesquisas, então é uma honra ter esta oportunidade. Nunca participei do Tedˣ, e estou muito tensa devido ao tempo limitado, mas acredito que vá correr tudo bem”, destacou Adriana.

Suicídio também foi abordado durante o evento

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, a cada 40 segundos uma pessoa se suicida em algum lugar do mundo e 32 se suicidam por dia no Brasil. Para tratar do assunto, foi convidada ao Tedˣ Petrópolis Dayse Miranda, professora e pesquisadora do Laboratório de Análise da Violência (LAV) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), onde é responsável pelo Gepesp – Grupo de Estudo e Pesquisa em Suicídio e Prevenção. Dayse ministrou a palestra “A Vida é Cara! Salvar Vidas É Barato!”, falando sobre a conscientização e prevenção dos suicídios, além de mostrar o quanto todos estamos despreparados para essa realidade, que cada vez mais se torna parte do dia-a-dia de todos.

“O Tedˣ é uma oportunidade dos pesquisadores conhecerem outras pesquisas e instruir os jovens, que são nosso futuro. É a primeira vez que participo do evento, e não tenho palavras para explicar minha animação. Precisamos dar visibilidade à depressão e aos problemas psiquiátricos, que ainda são um tabu em nossa sociedade”, declarou Dayse.

Muitos inscritos se mostraram interessados pelo assunto, como a estudante de medicina Rafaela Bezerra Lima, de 22 anos. “Me atraí muito pelos temas que abordam ciência e sociedade, estou especialmente animada para a palestra “A Vida é Cara! Salvar Vidas é Barato!”, da Dayse Miranda, pois se trata de um tema de grande importância, que ainda é muito pouco abordado”, disse Rafaela.

“Temos o jovem como prioridade, e por isso fico muito emocionada em saber que o eu tenho a falar é de interesse para pessoas como a Rafaela. Sou apenas um cidadã que abre o diálogo para pensarmos em propostas de mudanças acerca deste assunto, e é muito gratificante saber que estou sendo ouvida”, frisou Dayse ao saber da declaração da estudante.

 Tedˣ aconteceu na mesma semana em que foi aprovada a lei Geral de Empreendedorismo

Na última quinta-feira (23.11), foi aprovada pela Câmara Municipal de Petrópolis o projeto de Lei 8227, que amplia e atualiza o tratamento diferenciado e favorecido concedido às micro e pequenas empresas. As propostas da lei incluem a adoção de sistemas informatizados, a ação integrada entre os agentes públicos, o compartilhamento e a entrada única de cadastros e documentos, a racionalização de exigências, a ampla informação ao empreendedor, a classificação do risco da atividade e a adoção do cadastro CNPJ como identificação única das empresas instaladas no município.

“O Tedˣ acontece em um ótimo momento, em que estamos sancionando a Lei Geral do Empreendedorismo, que possui um artigo especifico para a Semana do Jovem Empreendedor, que visa capacitar os jovens da nossa cidade e mantê-los aqui. Estamos lutando para adotar o modelo da Hélice Tripla, criado observando os polos tecnológicos mais importantes do mundo. Este modelo defende que só é possível o desenvolvimento da tecnologia a partir do momento em que o poder público, as universidades e as empresas se unem, e essa é nossa intenção”, declarou Fernando Pessoa, subsecretário de desenvolvimento econômico.

Basicamente, a ideia base da Hélice Tripla é que a inovação tecnológica só é possível no momento em que o conhecimento desenvolvido nas universidades é canalizado para atender demandas econômicas-sociais que as entidades privadas e empresas analisam, gerenciam e comercializam, com o apoio de políticas públicas que visem coordenar o desenvolvimento do potencial de setores e regiões e gerir os modelos contratuais das parcerias entre os diferentes atores. Dentro desta perspectiva, governos, indústrias e universidades precisam aumentar sua interação para criar inovações que contribuam para o desenvolvimento econômico e para o bem-estar social.

 

 

Fonte: http://www.petropolis.rj.gov.br/pmp/index.php/imprensa/noticias/item/7792-petr%C3%B3polis-recebe-mais-uma-edi%C3%A7%C3%A3o-do-ted%CB%A3.html