Vamos falar sobre suicídio?

O suicídio permanece no limbo das questões que nós evitamos. Porém, à sombra do silêncio, as ocorrências deste fenômeno crescem. No Brasil, na década de 2000, mais de um milhão e meio de pessoas morreram por acidentes, homicídios e suicídios (mortes violentas). No período de 2000 a 2012, 1.703.499 brasileiros foram vítimas de mortes violentas, sendo 112.506 “lesões autoprovocadas voluntariamente”, em outras palavras, mortes por suicídio.

Neste contexto, é impressionante a falta de atenção que tanto o poder público, quanto a mídia em geral dão ao assunto, sendo possível apontar esse como um dos motivos de tamanha incompreensão do fenômeno. O mito de que falar de suicídio tem um poder de contaminação incontrolável é errôneo e possivelmente, por falta de informação, tem vitimado mais pessoas a cada dia.

Saiba um pouco mais sobre o GEPeSP

Últimas Notícias

Entre incertezas e acusações, greve da Polícia Militar reacende a crise da segurança pública do estado da Bahia

No último dia 8, uma assembleia organizada por policiais militares e bombeiros da Bahia deflagrou greve por tempo indeterminado. Segundo […]

GEPeSP participa do Seminário Nacional de Prevenção ao Suicídio para Profissionais de Segurança Pública

Por Caio Brasil, Jornalista e pesquisador do GEPeSP. Fotos: Subtenente BM/DF Neurivan Oliveira Santos.   A Secretaria de Estado de […]

Divulgação ALERJ

ALERJ aprova lei de prevenção ao suicídio entre profissionais de segurança pública

Por Caio Brasil, Jornalista e pesquisador do GEPeSP. A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ) aprovou por […]

Confira todas as notícias