Vamos falar sobre suicídio?

O suicídio permanece no limbo das questões que nós evitamos. Porém, à sombra do silêncio, as ocorrências deste fenômeno crescem. No Brasil, na década de 2000, mais de um milhão e meio de pessoas morreram por acidentes, homicídios e suicídios (mortes violentas). No período de 2000 a 2012, 1.703.499 brasileiros foram vítimas de mortes violentas, sendo 112.506 “lesões autoprovocadas voluntariamente”, em outras palavras, mortes por suicídio.

Neste contexto, é impressionante a falta de atenção que tanto o poder público, quanto a mídia em geral dão ao assunto, sendo possível apontar esse como um dos motivos de tamanha incompreensão do fenômeno. O mito de que falar de suicídio tem um poder de contaminação incontrolável é errôneo e possivelmente, por falta de informação, tem vitimado mais pessoas a cada dia.

Saiba um pouco mais sobre o GEPeSP

Últimas Notícias

Prevenção e posvenção do suicídio em ambiente universitário

Por Caio Brasil,Jornalista e pesquisador do GEPeSP. O GEPeSP promoveu capacitação em prevenção e posvenção do suicídio a alunos e […]

Reprodução

Permanecendo vivo

Pensar formas de prevenção é a melhor estratégia para reduzir índices de suicídio. Entre 1937 e 1971, das 515 pessoas […]

GEPeSP participa de capacitação de agentes de segurança da UERJ

O Grupo de Estudo e Pesquisa em Suicídio e Prevenção (GEPeSP) teve a honra de colaborar com a iniciativa promovida […]

Confira todas as notícias