Vamos falar sobre suicídio?

O suicídio permanece no limbo das questões que nós evitamos. Porém, à sombra do silêncio, as ocorrências deste fenômeno crescem. No Brasil, na década de 2000, mais de um milhão e meio de pessoas morreram por acidentes, homicídios e suicídios (mortes violentas). No período de 2000 a 2012, 1.703.499 brasileiros foram vítimas de mortes violentas, sendo 112.506 “lesões autoprovocadas voluntariamente”, em outras palavras, mortes por suicídio.

Neste contexto, é impressionante a falta de atenção que tanto o poder público, quanto a mídia em geral dão ao assunto, sendo possível apontar esse como um dos motivos de tamanha incompreensão do fenômeno. O mito de que falar de suicídio tem um poder de contaminação incontrolável é errôneo e possivelmente, por falta de informação, tem vitimado mais pessoas a cada dia.

Saiba um pouco mais sobre o GEPeSP

Últimas Notícias

IPPES oferece acolhimento psicossocial gratuito durante pandemia

Por Kathlen Barbosa. Jornalista e pesquisadora do IPPES.   Para atender pessoas em situação de vulnerabilidade emocional neste momento de […]

IPPES inicia grupo de estudos

Participantes construirão as próprias ações de prevenção, do projeto à aplicação prática; Instituto inova e propõe fazer de sua capacitação […]

Nota sobre o novo coronavirus (Covid-19)

Seguindo as recomendações de especialistas e instituições sanitárias internacionais, além do decreto assinado pelo assinado pelo governador do Rio Wilson […]

Confira todas as notícias