Atividades

Suicídio entre jovens, população LGBTQ+ e abordagem de tentativas: a visita técnica do GEPeSP a Fortaleza.

O Grupo de Estudo e Pesquisa em Suicídio e Prevenção (GEPeSP), em parceria com o Instituto Bia Dote e com o Programa de Extensão Transpassando, da Universidade Estadual do Ceará (UECE), realizou uma palestra com o objetivo de provocar as instituições presentes, sobre a importância de uma pesquisa de diagnóstico para o reconhecimento da magnitude do adoecimento psíquico e emocional da população LGBT. O Objetivo é visar a implementação de ações e/ou políticas de valorização da vida e prevenção do suicídio, uma vez que essa população se encontra em contextos acrescidos de vulnerabilidades, por conta da homofobia, lesbofobia, transfobia e demais contextos discriminatórios.

Houve a apresentação, por parte da professora e coordenadora do GEPeSP, Dayse Miranda, sobre pesquisas que foram realizadas em contextos de outros países, uma vez que não temos pesquisas nacionais. Após a apresentação, abriu-se para as(os) participantes se colocarem suas questões e dúvidas.

Destacamos as participações de: Fran e Kaio Lemos (Abrigo Thadeu Nascimento), La Belle (Centro de Referência Janaína Dutra), Dário (GRAB), Paulo Lima (professor Transpassando), Rejane (CVV Fortaleza), Ana Flávia (aluna Transpassando).

As falas foram bastante consistentes e ressaltaram os seguintes pontos:

  1. As dificuldades de acesso ao SUS;
  2. Sobre a importância da escolha do método de realização da pesquisa. A importância de trazer, o máximo possível, as pessoas que são sujeito da pesquisa, para o processo de delineamento e realização da mesma, não só como público da pesquisa, mas, como próprias(os) pesquisadoras(es), também;
  3. Profissionais de saúde não qualificados (as) para o atendimento à população LGBT;
    Sobre a invisibilização da população LGBT na sociedade e nos equipamentos de saúde e de educação;
  4. Sobre a produção de adoecimentos na população LGBT;
  5. Sobre a patologização das pessoas que exercem outras sexualidades que não a heterossexualidade, principalmente, na área da saúde;
  6. A existência de entraves para o acesso às cirurgias de redesignação sexual;
  7. Sobre a homofobia, lesbofobia, transfobia;
  8. Sobre as violências institucionais;
  9. Sobre a população LGBT em situação de rua;
  10. Sobre o despreparo do Estado em lidar com a questão. 

Outra atividade que realizamos foi a palestra sobre suicídio de jovens. A convite da direção do Instituto Bia Dote, realizamos um encontro com dezenas de jovens, profissionais de saúde, representante do CCV, profissionais da educação para falar sobre o Suicídio de Jovens e adolescentes de nosso país.

A manhã de sábado, no dia 24.03, teve um significado especial, pois tivemos a honra conhecer a história de vida de Lucinaura Diógenes, diretora do Instituto, que soube transformar a dor da perda de sua filha por suicídio em amor e esperança. Aprendemos muito com esse encontro. A coordenação do GEPeSP agradece a toda equipe do Instituto Bia Dote pelo belíssimo trabalho que vem sendo realizado pela prevenção do suicídio e valorização da vida no estado do Ceará. Quem desejar conhecer o Instituto Bia Dote acesse o site: http://institutobiadote.org.br/

Por fim, no dia 24 de março de 2018, às 14h, no Lar Beneficente Clara de Assis, na cidade de Caucaia-Ceará, com auditório lotado com aproximadamente 300 pessoas, houve a realização do lançamento do livro “Abordagem na Tentativa de Suicídios” com autoria do Major Bombeiro Militar José Edir Paixão de Sousa, pesquisador regional do GEPeSP, juntamente com os coautores Diogenes Munhoz, Capitão da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Delegada Evna Paixão da Polícia Civil do Ceará, Dra Hermelinda Maia da Universidade Federal do Ceará, Ma Jarlideire Freire, Me Marcos SAntos PMCE, Ma Kelvia Borges e Ma Gisele Melo. A obra é prefaciada pela Dra Dayse Miranda, coordenadora do GEPeSP.

Durante o lançamento foram exibidas filmagens da TV União do Ceará sobre o II Curso de Atendimento a Tentativas de Suicídio ocorrido de 19 a 23 de fevereiro deste ano e cujo material-base foi retirado do livro em lançamento. Ainda, foi realizado uma mesa redonda de debates com Dra Dayse Miranda, Delegada Évna America e o Major Edir Paixão.

A obra pode ser adquirida pelos links:

https://www.kobo.com/br/pt/ebook/abordagem-na-tentativa-de-suicidio;

https://play.google.com/store/search?q=9788557150195;

e na Loja Kindle na Amazon.com.br.

 

Agradecemos a presença de todas e todos parceiros(as) que estiveram conosco em cada uma dessas atividades. Esperamos voltar mais vezes em Fortaleza para realizar novas trocas.